Biro Ribeiro – Bras-Ilha do Futuro

em 2060 Brasília virará centenária,

que esteja cheia de arte incendiária,

preenchendo suas esquinas imaginárias;

que seja ela toda itinerária, 

itinerante, irradiante;

que seja possível ver irradiar das R.A’s arte pulsante; arte corrente; 

e parte do presente,

agir no agora 

pra ver na frente, 

uma Brasília que aflora, 

que acolhe, que é quente;

é preciso uma Brasília 

que não seja uma ilha, 

só de concreto e cimento; 

é possível uma Brasília 

de marés de sentimentos;

uma capital que se permita ser gigante,

mesmo sendo um quadradinho;

o habitat dos Calangos Pensantes, 

tendo esse imenso Cerrado de ninho.

é gritante aqui a necessidade dessa cidade:

é urgente uma Brasília muito mais humana;

nessa idade de 2060, então, na verdade 

a saciedade da sociedade será a gana 

em poder ser sem temer; em pertencer;

em poder ser, sem pudor, sem perecer;

sem nos podar, só prosa e poesia;

poetizar a cidade como ela merecia!

que a gente socialize os nossos sonhos na Capital;

que haja espaço para que todo e qualquer Vital se sinta total;

que os ipês que a pé vejo, amarelando as avenidas, 

amenizem nossas dores, tragam cores pra nossas vidas.

que haja papo reto na terra do galho torto;

que BSB seja mais que uma sigla de aeroporto;

que a cidade se permita voar, fazendo jus a suas asas,

buscando sempre brindar à paz, nas ruas e casas.

mas que Brasília se entenda como imensa, 

e não uma mera emenda de locais;

que não gire em torno apenas de seu Plano,

mas que acolha também suas cidades reais. 

que os causos da cidade sejam apenas boas-novas;

que a convivência seja uma provação, não uma prova;

que a aprovação alheia não nos pese, não seja um teste;

impedindo que a gente espalhe amor pelo Centro-oeste.

há 2060 chances de Brasília ser a capital do futuro;

há 2060 motivos pra gente começar agora, eu juro!


SOBRE O PRODUTO:

Com base na utopia do tema, o autor criou uma poesia que fala das nossas possibilidades como cidade. Dos desejos e construções para necessárias para que a Brasília centenária atenda a todes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para comentar, você aceita os termos a seguir:
Aceito e concordo com o tratamento de meus dados pessoais para finalidade específica, em conformidade com a Lei nº 13.709 – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).Ao manifestar sua aceitação, o Titular consente e concorda que a ASSOCIAÇÃO TRAÇOS DE COMUNICAÇÃO E CULTURA, inscrita no CNPJ: 08.117.759/0001-60, com sede na SCLN 208 BLOCO D ENT. 49 SALA 211, ASA NORTE, BRASÍLIA, DF, CEP 70853-540 , doravante denominada Controladora, tome decisões referentes ao tratamento de seus dados pessoais, bem como realize o tratamento de tais dados, envolvendo operações como as que se referem a coleta, produção,recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão,distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação ou controle da informação, modificação, comunicação, transferência, difusão ou extração.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.