Marina Mara – Quando o Meteoro caiu em Brasília

Quando o meteoro Pax chegou à Terra, mirando a Esplanada dos Ministérios de Brasília, o mundo literalmente estremeceu, temendo que uma chuva de meteoros estava por vir para dizimar o planeta de vez. O Pax não era tão grande como imaginavam e tampouco era somente um meteoro. Ele era uma cápsula teleguiada que tomava formas diversas e espalhava feixes de luz por onde passava. Quando chegou a Brasília, o Pax flanou sobre o espelho d´água do Palácio Itamaraty, porém, parou a um metro da famosa escultura do artista Bruno Giorgi, uma peça em mármore composta por cinco partes, o Meteoro, que repousa sobre o espelho d'água do Palácio Itamaraty. A obra simboliza os laços diplomáticos entre os cinco continentes do Planeta Terra. O Pax aproximou-se da obra e lentamente foi se encaixando nos vãos entre as partes de mármore, transformando-se em uma esfera única. Quando o Pax fundiu-se totalmente à escultura, uma grande explosão se fez, iluminando toda a Esplanada. O estrondo abriu uma grande fenda, engolindo o Eixo Monumental da Torre de TV até a Praça dos Três Poderes. A cratera revelou uma construção subterrânea de grandes proporções que exibia somente sua parte superior, por medidas de segurança interplanetária. A Torre de TV, por exemplo, media 500 metros em sua totalidade, mas somente 224 metros ficavam expostos, estampando cartões postais. O “meteoro” Pax era a chave de ativação de um acelerador de partículas desenvolvido no futuro, um tipo de máquina do tempo que veio com a missão de salvar o planeta Terra e a humanidade de si mesma, criada por agentes da paz que sempre habitaram este planeta em tempos diferentes. O Palácio Itamaraty tornou-se, desde a chegada do Pax, a sede mundial da paz. Era de lá que vinham as principais resoluções da humanidade, discutidas por agentes vindos de qualquer tempo por meio do acelerador de partículas. Quando Brasília foi construída, muitos a chamavam de cidade do futuro. Estavam certos. Brasília foi edificada com essa função pacificadora e, desde o “sonho premonitório” do padre Dom Bosco, vem sendo edificada, principalmente em sua área subterrânea. A missão de Dom Bosco, um missionário da paz que visitou a Terra em 1815, era fazer o reconhecimento do local que seria a futura capital da paz mundial. Dom Bosco nasceu em 2083, duzentos anos após de seu “sonho” que previa a construção de Brasília. O portal de entrada para o colisor de partículas era o Planetário de Brasília. De sua cúpula era possível administrar os trilhões de prótons que circulam na velocidade da luz. Esses tubos registram as trilhas deixadas por esses impactos dando as exatas coordenadas de tempo e espaço para levar ou trazer pessoas e objetos de qualquer dimensão a qualquer tempo, seja ele futuro ou passado. Após revelarem Brasília como sede mundial da paz, se nome mudou para Pax e todas as nações do mundo votavam em representantes que viajariam no tempo para a nova sede, ocupando funções-chave para salvar humanidade no caos que se encontrava à época. O Ministério Mundial da Paz foi inicialmente coordenado por Gandhi e Nelson Mandela. O Ministério da Palavra ficou sob a responsabilidade de Clarice Lispector, uma agente vinda do futuro para Pax para missões líricas e logísticas. O que Clarice chamava de segredo ou mistério em sua Literatura, em seu tempo conhecia como fracionamento de prótons, desintegrando a “coisa” descrita em sua obra em milhares de partículas independentes antes que pudéssemos definí-las. O Ministério da Vida ficou sob os cuidados da enfermeira Dona Ivone Lara e Nise da Silveira, o Ministério da Alimentação foram aboiados por Chico Mendes e Betinho que, juntos a várias etnias, definia quais plantas seriam cultivadas, suas quantidades e os locais onde seriam plantadas. O Ministério da Educação foi conferido a Paulo Freire e Maria Carolina de Jesus, que aprendiam diariamente com os estudantes a melhor forma de educar. O Ministério da Defesa foi coordenado por Dandara e Zumbi dos Palmares, assessorados por Madame Satã, que, pela ausência de guerras no mundo, ocuparam-se, principalmente, em adestrar dragões no gramado que restou da antiga Esplanada dos Ministérios. Os dragões eram dóceis, mas estavam sempre atentos a qualquer energia estranha que se aproximava de Pax, prontos para agir se preciso fosse. Nina Simone e Fela Kuti eram o mestre de cerimônias oficial de Pax e sempre iniciava com música as reuniões plenárias da sede. Apesar de cada novo Ministério Mundial ter uma coordenação, as decisões eram sempre tomadas da forma mais coletiva possível, contando com o auxílio de conselheiros especiais. Oxum era a conselheira mais requisitada de Pax. Sempre acompanhada de sua assessora especial, Lélia Gonzalez, Oxum deliberava sobre as questões com toda a sabedoria contida no amor, o sentimento que sempre foi a resposta para todas as questões humanas, não importando qual fosse a pergunta.

Futuristicamente,

Marina Mara

De Pax, 21 de abril de 2060


SOBRE O PRODUTO:

O conto “Quando o Meteoro caiu em Brasília”, escrito diretamente de 2060, utiliza a literatura fantástica para apresentar um mundo possível futuramente, desde que seja inclusivo, diverso e amoroso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para comentar, você aceita os termos a seguir:
Aceito e concordo com o tratamento de meus dados pessoais para finalidade específica, em conformidade com a Lei nº 13.709 – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).Ao manifestar sua aceitação, o Titular consente e concorda que a ASSOCIAÇÃO TRAÇOS DE COMUNICAÇÃO E CULTURA, inscrita no CNPJ: 08.117.759/0001-60, com sede na SCLN 208 BLOCO D ENT. 49 SALA 211, ASA NORTE, BRASÍLIA, DF, CEP 70853-540 , doravante denominada Controladora, tome decisões referentes ao tratamento de seus dados pessoais, bem como realize o tratamento de tais dados, envolvendo operações como as que se referem a coleta, produção,recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão,distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação ou controle da informação, modificação, comunicação, transferência, difusão ou extração.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.