MORENA – Qual a Brasília que queremos construir?

A que respeite quem sempre esteve aqui, quem veio antes, a semente que brotou todo o florir, 

O cerrado nativo, que nos alimenta… 

Construir é processo, 

Construção…

Vem da caminhada, do pensar coletivo, do saber sentir o que é nação! 

Território originário de caminhada, dos povos nativos de Pindorama.

Uma Brasília que acolha teu seio, teu solo, tua biodiversidade.

Volte o olhar para os povos indígenas viventes nessa cidade.

Lembrar quem somos nós é não esquecer de onde viemos,

Quem nos permitiu, abriu caminhos,

Para que pudéssemos continuar vivendo.

Se lembrar da constância da construção,

O que um dia fomos e não queremos ser mais…

Aprender com o passado,

O que somos, o que sentimos?

Sentimentos reais.

Fazer do presente um presente,

O que estamos fazendo para tornar o SER que desejamos?

A casa que nos faz sentir Lar, Um ambiente que nos permita respirar,

Ar

Puro.

Os futuros…

O futuro, é construção do hoje, Aqui e Agora, não distante do espaço-tempo

Tempo circular.

É refletir que 2060 é constância do hoje 

E que será ontem, se a gente não caminhar…

Pensar no futuro e no que queremos, é não firmar na distância 

E sim no tempo que é o nosso lugar. 

Respeitar o tempo terra, refletir, germinar.

Uma árvore só, não faz floresta e só com uma mão não é possível reflorestar.

Que destruamos hábitos, para reconstruir perspectivas, pois para construir o que queremos

É preciso sair do lugar.

Que Brasília seja realmente berço de quem sempre foi seio e quem deu de mamar.

Que enxergue como águia, realmente Olhe para Amar,

Olhe seu Mar, não somente certas jangadas…

Que a beira seja firmamento,

Que nossas palavras sejam boas orações,

Que inclua todos nós

Nossos irmãos.

Bras ilha como lar,

Canção,

Para que todos que aqui vivem,

Só força,

Possam sentir sem dúvidas acolhides,

Sendo cada Um, parte única da constelação.

Poesia, pranto, Reza, Desejo,

Que o Ideal possa Ser, Sentir,

O real sentido de

Significação. 

                                                                                 Morena


SOBRE O PRODUTO:

O produto apresenta a poesia como oração e força da palavra – o primeiro lançar de flecha para ação. Traça uma trajetória de narrativa que olhe para os povos originários, várias faces e culturas. Povos marginalizados, oprimidos pelo sistema. Porque olhar para esses povos é olhar para todes. Povos nativos viventes aqui cuidam do nosso bioma, do cerrado e da natureza em geral – não só em benefício próprio, mas em prol de todos que estão envoltos no ecossistema, humanos e não humanos. Não tem como pensar em equidade, sem reparar a Mãe Terra. Não é possível pensar em futuros sem natureza, destruindo dia após dia nossa rica biodiversidade. Progresso e futurismo, de fato, é firmar no solo que nos sustenta e inovar no desenvolvimento que nos faz crescer enquanto todo e não enquanto individualidade, preservando o que há de mais sagrado, os locais de onde jorram nosso beber – a água e de onde vem nosso sustento, a terra. Dialogar com equidade é antes refletir como somos e como será possível o sermos e tornarmo-nos aquilo que queremos. Olhar para trás, para dentro, compreender nossa base, nossa história. Respeitar aquilo que nos sustenta e nos dá possibilidade. Pensarmos juntes! De verdade! O produto, portanto, vem também para mostrar que com a arte da palavra é possível fazer oração que gera ação, mostrando ser uma das perspectivas que honra o verbo e possa tornar o equalizar, efetivação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para comentar, você aceita os termos a seguir:
Aceito e concordo com o tratamento de meus dados pessoais para finalidade específica, em conformidade com a Lei nº 13.709 – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).Ao manifestar sua aceitação, o Titular consente e concorda que a ASSOCIAÇÃO TRAÇOS DE COMUNICAÇÃO E CULTURA, inscrita no CNPJ: 08.117.759/0001-60, com sede na SCLN 208 BLOCO D ENT. 49 SALA 211, ASA NORTE, BRASÍLIA, DF, CEP 70853-540 , doravante denominada Controladora, tome decisões referentes ao tratamento de seus dados pessoais, bem como realize o tratamento de tais dados, envolvendo operações como as que se referem a coleta, produção,recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão,distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação ou controle da informação, modificação, comunicação, transferência, difusão ou extração.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.